Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá

Terça-feira, 10 de Abril de 2012 02:22

www.uthoi.com.br
 
Caros alunos, para melhor amplificação da qualidade de seu próprio DOM, ao terminarem de ler a canalização abaixo usem o símbolo pessoal com a rocha do Deva Pessoal orientada na iniciação do curso Eloim Reiki Cristaloterapia.
 
A qualidade de recepção será potencializada desde que tenha praticado os ensinamentos do curso Eloim Reiki Viajantes referentes à Meditação Visual.
 

Olá Crianças da Luz,

Diante do Conselho dos Seres Censores de Ajuste do Pensamento, que se configuram com os raios gerenciados desde os Orbes de sustentação por Eloins propagadores da expansão, configuram-se os Odús distribuidores por Tronados na linhagem de cada personalidade humana encarnacionada na freqüência do Sistema da Via Láctea.

Aplica-se às diferenças por encarnado a pérola da sabedoria empírica, conceito da manutenção sobre a luz da memória da espiritualidade. Ela permite gerar a energia que permeia o fator da resistência contendo a organização das funções que parecem ser silenciosas no estado Espírito Alma e Alma Espírito. É arquivo de refinamento na qualidade da Alma Persona para com o Espírito Aprendiz e corresponde como refinamento do giro encarnacional por freqüência em cada Corpo/Mente ressoando no estado interior o que for negligenciado. Mesmo que se seja disforme e limitado aos humanos, vocês não compreendem por si próprios a qualidade da sensação chamada solidão. Parece-lhes efeito autopunitivo que se transforma como castidade por não sentirem emocionalmente o que se entende que está ligado à conexão vibracional da própria Fonte Moroncial. Em tal fonte o conceito Yang e Yin possuem giro sobre o Tao e as freqüências vibram em mensuráveis formas fractais para o que há no Ser entre o Ter e o que possa Ser para poder Ter.

A vontade que se mistura com o desejo de desejar contém fundamentos de trocas energéticas por microrraios que parecem ser trajetos bizarros, insólitos raios. Dançam sobre a coloração da aura com pigmentações minúsculas. Fazem parte dessas partículas formas-pensamento quânticas que encobrem as recepções da Fonte Moroncial. Tais recepções transmutam e vibram muito rápido e movem cada detalhamento das coisas do Corpo, Mente e Ego.

Em outras questões associadas às questões propagativas por gerações os assuntos inacabados se misturam às competitivas regras da subserviência. Estão em volta da ação dos problemas, doenças, medos, pânicos, inseguranças, fobias, medos conhecidos e desconhecidos. Em todos os sentidos focam no retorno do que seja Espírito Aprendiz. Geram dúvidas até mesmo com a própria conexão da Alma Persona, que derrama compatibilidade por transferência do prazer de competição conforme aquilo que imaginam. O valor de outrem possui revelações melhores que não respondem suas próprias incertezas do que seja simples como ação de prática. Isto gera incredibilidade para qualquer coisa que queiram ser, fazer ou ter.

Mensagem para quem exigiu explicações holograficamente
 
Escrito por Sérgio Ajabiim
Segunda-feira, 05 de Março de 2012 05:17
www.uthoi.com.br
 
Olá Crianças da Luz,
Se investigarem as infinitas causas nos momentos que parecem ser avisos, antecipações turvas entre intuições, imaginações, sonhos, tragédias, fatos, realidades e repressões, ela são impressas por poucas evidências. Possivelmente são consolidadas na cola que não se cola entre os inúmeros desejos, caminhos, fantasias, verdades, realidades, ilusões, vaidades e situações póstumas. Seria acreditar nas reações psicossomáticas que se enveredam no próprio esconderijo de não conhecer a Si mesmo.
Não culpem o inconsciente, que por si todos desconhecem a consciência do inconsciente.
Não culpem as falhas, que faltam vir aos próximos de outro passado que não valem seguir para outras falhas.
Não culpem as decepções, congestões mentais nas insalubres verdades da própria imposição de se impor.
Entre as labaredas de querer acertar por outros de outros para Si, há o frenesi de corrigir o passado que não se passa pelas frustrações nas realizações de paixões sem conclusão de porque os tesões!
Excitações, incrementos acumulados de graus não realizados por um no meio de muitos outros. Tão Só na multidão incomum, sentem desconhecidos os próprios sentidos.
Quantos desejam contar... Para que contar o que não sabem contar daquilo que se não se conta, a verdade de algo que imaginam ter passado. Relatam as mesmas coincidências de situações que estavam no fundo do passado que se projeta na psique da imagem no quebra galho dos braços dos outros.
Amores partidos, amores feridos, amores consumidos, amores prisão. Conjuntos designados nas lembranças dos maus tratos. São quase fenômenos dos processos das psiques ameaçadas na excelência antecipada dos próprios perigos.
Déficit e condutas em forma de armas e couraças descortinam outra personalidade; elaboram outras funções com efeito de compensação.
Viciosos, não percebem que são viciados nos vícios dos desejos negados por si mesmos.
O realce será a conservação dos sentimentos da insatisfação implantados no outro para ensinar a suposta expectativa da própria solução de algo. Assim será àqueles que não Olá Crianças da Luz,

Escrito por Shiva Crisna Sualyon
Sexta feira, 03 de Fevereiro de 2012 01:25
www.uthoi.com.br
 
Olá Crianças da Luz,
Se reconhecêssemos o verdadeiro sentido do bem estranharíamos o distanciamento do sentido para quem possuir tendência de aceitação do mal.
Ninguém chegará pelo caminho que julga que chegou!
Quantas mães decidem dedicar toda atenção aos cuidados dos filhos para outros filhos que no futuro não se espera.
Inúmeras aceitações, emboscadas por entre sombras de outras atitudes negativas para se tornar o mal de Si.
Não culpe quem criou o que não desejou!
Há sentidos do bem cativado que não pertencem à escolha de quem optou pelo oposto do ponto definido, enveredando-se nas ressonâncias da insatisfação dos fatos que os centralizam.
Debulhar as nuanças do bem nem sempre culmina na mão de quem ruminou a esperança na Vida.
Seja mal... Talvez, esperar!
Passarelas, vaidades, paralelas, luxúria, riqueza, pobreza, miséria, gula, fome, competições, mudança de ponto de via que vive o oposto, aposta...
Não acendam velas para os que não prestam!
Pelos deuses! Quem terá a salvação?
Indecisão será esperar pela procissão.
A mãe da virgem morta, a porta, aborta...
Patrões, carros, caminhões, aviões
Caminhadas hesitantes
Freadas nas estradas pelas trilhas
Salta.

Recebemos de Oli Alexander Rocha da Silva, de Sapucaia do Sul, o lindo e comovente poema abaixo. Espero que vocês apreciem tanto quanto nós o apreciamos.

Fiquem na Luz!
Luiza
 
MAS TEU CORAÇÃO, NAS ESTRELAS...
 
O mundo aqui segue na esteira das lembranças.
O tempo passa, é certo, mas onde a distância?
Da tua luz a Imensidão fez o Seu farol.
Amarguras, tristezas, sempre há quem fazê-las
Mas teu coração, nas estrelas, surgiu.
Desperta agora como um sonho que sumiu,
Apenas para lembrar que não partiu.
 
Todo mundo no fundo sabe: a distância maior
É estar longe do próximo,
E, nas estepes da lonjura da proximidade,
Não importa o que penso,
Não importa o que faço.
Para a certeza da dúvida, basta um passo,
Estrelas faltam dentro, fora, em térreo ou terraço.
 
Menina Joyce, será que eu também te nasço
Enquanto me renasces com tuas palavras,
Douradas como a cor dos teus cabelos?
Amarguras, tristezas, sempre há quem fazê-las,
Mas teu coração, nas estrelas, em inspirar
Me diz:” se aceitas o bem, para ficar
Ele joga teu coração para o ar”.
 
A tua luz transcende e dissipa a escuridão.
A menina fala e, então, “calço” as palavras tais
Como se fossem calçados da empresa de seus pais[1].
A inteligência atravessada de luz
Tão gigante se conduz, chegando neste mundo qual tropel.
Aráutica existência, a sabedoria é seu véu
E lhe faz anel de ouro... no dedo do céu.
 
Quando houve a contemplação do teu desfalecer,
Um casal perdeu-se de seu próprio coração.
O céu rachou e o arco-íris derreteu.
Amarguras, tristezas, algo sempre há de trazê-las
Mas teu coração, nas estrelas, mui nobre e liso
Veio derramar um afago tão preciso,
E a mera vida fez-se plena... do teu sorriso.
 
João-Homem-Grande é teu pai[2].
Agasalhado ao manto de Mãe Maria[3],
Lida com o dia-a-dia dos corações que ficaram.
Racional e valente, é muralha contra a dor.
Mas por afeto e teu favor, que se acaloram,
Ele sabe que valentes homens também choram
Por filhas do amor, que tanto adoram.

Por RODRIGO ROMO
 
Este tema é fundamental para entenderem as diferentes vibrações que existem no campo emocional das pessoas e, portanto, no eletromagnetismo das mesmas, pois aqui existe o que definimos como “compatibilidade para contaminação”.
Todo corpo emite energia, isso é uma consideração da física. A energia liberada é relativa ao gradiente da interação nuclear dos átomos que compõem o corpo e as reações químicas. Portanto, o valor da energia é proporcional à produção interna de cada organismo e do gradiente dos chacras. Dessa forma, podemos definir que a emissão da energia existe em toda forma de vida e em toda matéria, devido aos postulados da física e da biofísica.
Quando um reikiano efetua um atendimento, entra em contato com o campo eletromagnético da pessoa que é atendida. Ele mesmo emite energia com suas mãos que irradiam o fluxo do Reiki. Portanto, ocorre um choque entre dois vetores de energia. Aquele que tiver o maior grau de emissão e potência “ganha”.
Até este ponto não existe novidade, porém, ao estudarmos o Reiki a partir da física ocorre um problema muitas vezes não é levado em consideração pelos professores das diferentes modalidades de Reiki: a origem do distúrbio energético do paciente.
Quando uma pessoa está desarmonizada ocorrem alterações em seu campo biológico que levam ao mau funcionamento dos órgãos. A origem desta disfunção é o ponto a ser avaliado. Quando é proveniente de questões químicas é um vetor de energia que é emitida pelo campo áurico, fácil de ser controlada e harmonizada pela energia do Reiki e de seus símbolos. Mas quando a pessoa possui uma energia intrusa criada pelo seu aspecto emocional psíquico, isso gera um link de comunicação com as suas formas-pensamentos, o que significa um centro gerador constante dentro dos traumas psíquicos que essa pessoa criou no decorrer de anos provavelmente. Portanto, essa fonte de energia é muito maior do que uma simples disfunção bioquímica.

Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá
Sexta-feira, 06 de Janeiro de 2012 03:34
www.uthoi.com.br

 
Um aprendizado sobre as modalidades do ESPÍRITO
 
Quem poderia expressar qual seria a extensão da realidade do corpo físico diante de todo estágio cronometrável da simplicidade vivencial e constitucional do corpo humano?
Alguns responderiam dizer que é massa compactada, aquosa, vital, casulo do Ser. Constituída com divisibilidade para exercer inúmeras funcionalidades com fins de sustentação vinculados ao processo da Alquimia Universal da Força. Propulsora do Sopro Vital da Vida até que se cumpram todos os graus dos níveis da Criação, sua estruturação se bifurca com os Regentes do Fator Mortalidade. Esta é uma ação conclusiva de maturação definida, tornando-se co-assistencial como metamorfose alimentadora de outras qualidades de Vidas para sustentação dos corpos inqualificados perfeitos.
Na raiz da hipotenusa de variação das raças, sub-raças, espécimes, seres e coisas, a programação genômica cósmica planetária não corresponde que todo encarnado possua autonomia para TER ESCOLHA. Ou que ela seja ferramenta de contribuição com atribuição para com as programações administrativas do sistema do Universo da Fonte Que Tudo É.
Acreditamos que inúmeros encarnados (principalmente os humanos) não compreendem o que seja realmente Ser ESPÍRITO Filho do ETERNO!
Consideremos como Fonte Original quando o Anti Nada se alquimizou por Energias Inqualificadas Imperfeitas para Ser Energia Inqualificada Perfeita, Fonte Geradora do Fogo VIVO do Espírito em interfusão com interseção para SER UNO. Torna-se também Espírito do sistema do Nada Criacionista onde se gerou o ESPÍRITO PRIMITIVO PRIMORDIAL DA CÉLULA ATOMIZADA DEUS PAI-MÃE.

Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá
Quarta-feira, 28 de Dezembro de 2011 03:57
 
As forças energéticas possuem qualidades geradoras desde o princípio da Matriz Primitiva inquebrantável, porém multidivisível, em propagação ao pulsar que se constitui como Lei Motriz. Assim acontece aos campos de dobras que se interligam a cada ápice atrator em sincronia conforme a tendência das inclinações independente de serem boas ou negativas.
Tais forças não significam que seja batalha. Acaso fossem seriam contrárias à elucidação da participação energética do yang e ying “primitivo” no movimento biossincrônico do próprio TAO.
Ele possui a intimidade do movimento TREVAS, LUZ E VERBO no néctar que se originou a Alquimia Átomo Trevas Divina das Forças de Luz do Espírito de Deus. Desta forma se fez propagar a Luz da Luz de Sua Luz.
Ocorre desta maneira porque a existencialidade do Não Existir se torna quase vazia para que se compreenda como Forma da Não Forma para cumprir a Forma de Tudo que Existiu.
Existem principalmente as razões do que Originou o Quasar-Quânto do Espírito de Deus para possuir Tudo quando originou o anverso do Universo do Nada (Antes do Anti Nada) Abismo profundo. Isto inqualifica toda a inteligência no panteão depois dos universos que se propagam a partir da Molécula Atomizada marco Nada, chama vexatória que se faz ser Tudo.
A simplicidade simplória possui o simplismo da simplicidade de ser simples...
A mente pensa e, por conseguinte, a inteligência possui a não reação do Absoluto que qualifica o existir. Significa que o Ser real sem a trajetória dos holos-Gama principais por fractais tornam-se multi-distributivos.
A velocidade da mente pensante atinge o anverso da inteligência empírica que gera força motriz. Em tal força o Espírito se estabiliza nas coordenadas de freqüências ondulatórias que todos procuram compreender na aceitação do que não se esclarece: o que seja o Verbo de Deus. Assim aconteceria se analisasse comparativamente o movimento do Pulsar no movimento do Caos Cósmico como programação da amplificação da expansão de Tudo.
Dentro de tudo existem diferenças reagentes que se tecem na teia íntima da programação do movimento polidimensional da transmutação ascensional multidimensional. Pelas dimensões há programações diversificadas que parece divergir na própria constituição do movimento do caos cósmico em relação às questões planetárias. Por conseguinte, não se devem igualar a fatores da emocionalidade. Tampouco se igualar à negatividade de quem alimenta justificativas para encontrar o opositor diante dos esclarecimentos do aparente desconforto de inúmeras pessoas.

Escrito por Égueybê Rá Yam Tôalá
Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2011, 03:15
www.uthoi.com.br
 
Olá Crianças da Luz,
Hoje os convido a não dar atenção ao ouvido físico e a sua percepção visual-intelectual. Assim o façam no que seja importante e essencial pelos seus próprios detalhes internos do viver para o dia a dia incidindo na marcha cronometrável na perspectiva da próxima Era.
Independente do que se apresente diante dos anos vindouros no tangenciamento da Qualidade de Vida, mesmo que esteja simplesmente enraizado nos processos financeiros e econômicos sem que sejam mergulhados os detalhamentos fenomenológicos planetários, há quem recicle os bens padrão gira-elite entre o subjetivo comum das desigualdades. Isto acontece por tradição, cultura, raça, credo, formação, qualificação de inteligência ou socialização entre seitas com regras de leis políticas para as religiões comuns. Nas causas objetivas para o subjetivo dos fundamentos, esvaem-se como fuga desconhecida!
As faculdades racionais não ousariam responder quem cuida realmente do zelo de cada sobrevivente entre as vivências, repercutindo as sensibilizações também no trato planetário.
Do ponto comum de qualquer ponto do universo, dentre a trajetória do quantitativo Ano-Luz existente por motivo da existência do planeta Terra, entre cada histologia... Nada se sabe.
Mesmo que o que existe em si do não saber NADA!

Escrito por Shiva Crisna Sualyon
Sexta feira, 09 de Dezembro de 2011 04:17
 
Olá Crianças da Luz,
Os ventos dos próximos dias elevam boas expectativas aos festejos, preparativos para organizar novas perspectivas com possível detalhamento das questões financeiras. Com aparência de sustentação da credibilidade de outrem justifica a sustentável Lei da Atração ao próximo carente que, por necessidade, espera a melhoria mesmo que se pese aquilo que difere nos noticiários e não responde à BOLA DE BORRACHA furada de quem preside ocultamente a organização dos ficheiros-garimpeiros estrangeiros estratégicos. Sob o asfalto e pelas vinhetas viabilizam o que analisar naquilo que seja impossível rever, o porquê.
A Roda da Vida virá, girará e sobreviverá!
No próximo tempo seja mais músico, sociólogo, psicólogo, médico, professor...
Não, não pense nos loucos e jamais nos bons psicopatas.
Assaltam as Atas das noções unidas... Saltam!
Não importa!
A Roda da Vida virá
Seja como for para o que for, seja...
Ninguém conhece aquele doutor, promotor, protetor, confessor.
No horizonte brilharão as fotos das reuniões nas convenções
Palmas... Calma.
Há quem, em close, dê sorrisos malditos
Entre mãos, dotadas, gargalhadas.
Submundo!

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011 16:00
www.uthoi.com.br


[Canalização interativa por ocasião do Curso de Eloim Reiki Írisdiagnose, em Novo Hamburgo/RS, com a presença da Alma Persona Luminal Joyce Grossmann, assessorada por sua hierarquia sustentadora.]
 

Olá Crianças da Luz,
Convido-os a efetuar a miragem de qual lembrança não se caracterize como fator de regressão da possível situação que, em qualquer instante, dentre outros inúmeros motivos se fazem instante-pausa no próprio movimento mente pensante para o intelecto viajante. Aprende-se diante das diferenças de coisas que diferem, subtraindo por adquirir saber dos outros entre Si e por Si aos outros. Eles passam a ser destoantes para cada vivência nas nuanças que geram expectativas.
Considerando inclusive fatos que não deva possuir medo ou estranheza diante dos inúmeros caminhos, métodos, sentidos, roda, rota ou portas que apontem cada resposta e fatos. Por vezes não se consolidam entre outras perguntas no que possa ajudá-los quando se incluem nas práticas de naipes de ficheiros de experiências obsoletas. Ou então a possível experiência projetista como prática a quem se revele nem sempre se alinha com as verdadeiras necessidades. E o tempo não os habilitou nas fantasias enriquecidas por hologramas, emoções adquiridas por mensagens subliminares, esperanças entre as ansiedades hipnóticas que encobrem os sonhos e desejos de realizações de que os fatos poderiam ser fatores para se autoconhecer.
A inquietude global é fato vexatório que se acumula ao querer não saber que tipo força usam. Sem direito de força, fazem farsa a quem oculta o que se acumula. Amontoam os derramamentos de sangue nas desigualdades da variante de classes, tecendo-se para haver esvaziamento na qualidade da Inteligência Empírica Espiritual. Entre as combinações genômicas, atua como fonte anulativa da independência por ser, em ser e para todo ser hipnóticos, sem forças que forcem a alimentação nos ficheiros de costumes paradoxais governistas das passarelas que sustentam inúmeros outros imbecis...
Entre os que conhecem, desconhecem o que devam conhecer!
Nas escadas atrás do muro dos laboratórios científicos existem míopes para o futuro que adotam.
Quem se autoconhece para o que seja também verdadeiro o significado de existir a própria dúvida do real discernimento, provoca a fuga na própria personalidade do quão desejava ser LÍDER esmagarem!