Dois irmãozinhos brincavam em frente de casa, jogando bolinhas de gude, quando Júlio, o menino mais novo, disse ao irmão Ricardo:

- “Meu querido irmão, eu te amo muito e nunca quero me separar de você”!

Ricardo, sem dar muita importância ao que Júlio disse, pergunta:

- “O que deu em você moleque? Que conversa besta é essa de amar? Quer calar a boca e continuar jogando”?

E os dois continuaram jogando a tarde inteira até anoitecer.

À noite, o senhor Jacó, pai dos garotos, chegou do trabalho. Estava exausto e muito mal humorado, pois não havia conseguido fechar um negócio importante...

Ao entrar, Jacó olhou para Júlio, que sorriu para o pai e disse:

- “Olá Papai, eu te amo muito e não quero nunca me separar do senhor”!

Jacó, no auge de seu mau humor e stress, disse:

- “Júlio, estou exausto e nervoso. Então, por favor, não me venha com besteiras”!

Com as palavras ásperas do pai, Júlio ficou magoado e foi chorar no cantinho do quarto. Dona Joana, mãe dos garotos, sentindo a falta do filho, foi procurá-lo pela casa, até que o encontrou no cantinho do quarto com os olhinhos cheios de lágrimas.

Por Gloriana Batassa - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

No final dos anos 90, fiz um curso que falava sobre o cérebro e o seu funcionamento, mas a primeira frase que a doutora pronunciou ao iniciar o curso, foi que do nosso cérebro sabemos muito pouco, quase nada e que existem vastas áreas da nossa massa cinzenta sobre as quais não sabemos para que sirva.

Na nossa vida diária, o nosso cérebro executa tarefas porque pode “ler” as informações que foram armazenadas segundo os acontecimentos que vivemos na nossa vida, que podem ser agradáveis (informações felizes) ou desagradáveis (informações traumáticas).

As informações felizes e traumáticas ficam registradas nas nossas células e são elas que formam o nosso sistema de crenças.

Portanto, toda vez que estamos vivendo uma situação com momentos felizes ou infelizes que já vivemos anteriormente, o nosso cérebro “pesca” no seu arquivo de informações armazenadas, a situação interior e as células dão o alarme ao corpo físico, causando sensações que serão sentidas de acordo com o passado.

Por exemplo, numa relação amorosa, uma pessoa “sente” que está sendo enganada, descobre mentiras, sente medo de ser traída, certeza de que alguma coisa está errada, e quando finalmente é abandonada, a sua primeira reação é: “Eu sabia que isso ia acontecer!”.

Ola amigos e alunos.
 
Infelizmente as pessoas têm feito especulações relativas ao novo curso que eu ministro ROMETRIA - modulo Desdobramento Multidimensional® dos 72 corpos.
 
Especulações de que esse curso será levado a todas as cidades que eu costumo ministrar cursos.
 
Isso é um profundo engano, pois só irei realizar esse curso em algumas cidades onde a energia da mesma sustenta a abertura dos campos e vórtices da Ordem VORONANDECK e o acoplamento da estrutura freqüêncial necessária. Normalmente nos lugares onde eu já abri os vórtices antecipadamente por orientação de SHTAREER® e YASLON YAS®.Essas cidades fazem parte de uma linha dentro do espectro de trabalhos que já realizo há vários anos.Locais onde são centralizadas muitas tarefas nos planos sutis pelos membros da Confederação e pela Supra Confederação. As etapas anteriores são necessárias para que as equipes espirituais de cada cidade possam absorver os novos parâmetros do Conselho Evolutivo Universal da capital de UNVERSA, capital do nosso Superuniverso Orvotón e conseqüentemente da Ordem VORONANDECK.
 
A estrutura espiritual necessária para poder inter-relacionar os diferentes gradientes das realidades paralelas abordadas dentro desse curso, tem que ser preparadas pelas equipes da Ordem SANTA ESMERALDA no decorrer dos cursos que antecedem a ROMETRIA®, na proposta do modulo de DESDOBRAMENTO MULTIDIMENSIONAL DOS 72 CORPOS®. Justamente pelo gradiente de energias e entidades que estão envolvidas no decorrer da nova proposta de MITCH HAM ELL & SHTAREER®.

15 de novembro de 2009

Questionador: Tenho algumas perguntas sobre a Lua...ela é artificial?
A palavra "artificial" só existe na terceira densidade, nada é "artificial" no Universo. A sua Lua é tão antiga quanto o seu Sistema Solar, ela foi produzida por uma raça altamente inteligente e foi trazida para a órbita da Terra com o propósito de diminuir a velocidade de rotação do seu planeta.
 
Questionador: Quando a Lua foi trazida para a órbita da Terra?
A sua Lua foi trazida para o seu Sistema Solar há 1,7 bilhões dos seus anos. Nessa época a Lua estava mais próxima da Terra do que está agora, e ela está "programada" para se posicionar à exata distância de 30 diâmetros da Terra no final do atual ciclo galáctico.
 
Questionador: A Lua é oca?
Sua Lua é semi-oca...
 
Questionador: A Lua é desabitada?
Seres extraterrestres e humanos da Terra habitam a sua Lua.
 
Questionador: Onde eles vivem?
Em duas cidades subterrâneas principais e dezessete outras instalações.
 
Questionador: A Lua tem água?
Ao contrário do que lhes dizem, a sua Lua tem água e alguma atmosfera.
 
Questionador: Como pode a Lua estar sempre mostrando um lado e o lado escuro estar sempre oculto a nós?
A sua Lua dá a volta no seu planeta em 655,719 horas, e também gira em seu eixo, uma volta completa a cada 655,719 horas, portanto vocês só vêem um lado. Mas não foi sempre assim, há cerca de um milhão de anos, quatro balanceadores foram instalados na sua Lua pra sincronizar os movimentos dela com a velocidade de rotação do seu planeta.
 
Questionador: Há humanos vivendo em Marte?
Sim.

Como devo fazer para que a abundância entre em minha vida?

Se sou um Co-Criador e tenho as mesmas qualidades de Deus, por que não consigo criar abundância na minha vida?

A opinião que temos da nossa vida depende de como nos sentimos, se dignos ou indignos de amor, de sermos amados ou não. De qualquer forma, criamos uma situação externa que reforça a opinião que temos de nós mesmos. Os pensamentos condicionados de escassez derivam da nossa percepção de sermos indignos de amor. Quando não nos sentimos dignos de amor, nós projetamos essa carência para fora, para o nosso exterior.

Cada preocupação em relação a algo que não temos, deriva do fato de vivermos no passado, a "falta" é simplesmente a lembrança, uma memória celular de velhas feridas que foram projetadas no futuro. E o que nos leva a ter pensamentos condicionados de escassez, é o medo que nos aconteça novamente o que já aconteceu no passado, justamente porque ainda não transmutamos aquela memória. Para pôr fim a pensamentos condicionados de escassez, devemos perdoar o passado. Não importa o que aconteceu, ele não terá mais efeito quando for mudado.

Olá, queridas Crianças da Luz.

Estamos no Centro do Fogus das Orbes dos Centro Administrativos dos Conselhos das Atas de Determinações para as próximas Eras. Foi arremessado em ondas telepáticas nesse conclave que nós poderíamos agir para compreender o sentimento humano sobre a instância da própria qualidade humana. Por outro lado, nos foi apresentado outro arremesso telepático, de que a raça humana de freqüência terrestre sente orgulho de vivenciar o milênio dos sonhos dourados da Era de Peixes, Aquário, etc. Em cada canto dos recantos planetários terrestres eles tentam resgatar a melhor maneira de lidar sobre o conceito do Espiritual Divino e muitos querem ajustes sobre a abundância de suas posses e dons especiais.

Em vultos holográficos etéreos da forma-pensamento, o que se entende por consciência terrena? A causa dessa emocionalidade lhes proporciona vigor onde se julgam insubstituíveis como uma unidade, únicos para com as hierarquias. Entre os conglomerados que meditam, fazem preces, mantram e oram, dizem a si mesmos que estão à disposição para ser feito o que é determinado. Em ondas sonoras, emitem variáveis mantras como se suas permissões íntimas reconhecessem a essência real da Luz Divina. Além da ousadia de julgarem em seu próprio inconsciente que sabem que a intenção é que sejam removidas as resistências, bloqueios e dificuldades que impedem sua própria ascensão.

Essas diretrizes vão ajudar muitas pessoas a pensar e avaliar o por que de Comando Asthar não interferir nos processos políticos e sociais da humanidade.

Meditem sobre o que está aqui exposto, pois este material foi compilado pelo nosso falecido, porém extraordinário GENNY RONDEMBERRY, criador do melhor seriado de TV de ficção, STAR TREK.

Ele era conectado direto da Federação das Plêiades, a qual nosso sistema solar esta diretamente envolvido e dependente.

Abraços a todos e bom estudo.

Página 13 de 13