É com grande prazer que anunciamos o “Encontro de Curadores Quânticos” que faremos realizar em 2017. A data está sendo negociada mas deve ocorrer no Outono de 2017, possivelmente em abril.
 
Será no Rio Grande do Sul, aproveitando as paisagens e a energia da Serra Gaúcha, ou dos Campos de Cima, região maravilhosa do estado.
 
Estamos antecipando esta notícia para que vocês possam, com quase um ano de antecedência, começarem a programar sua participação.
 
À medida que formos desenvolvendo a ideia faremos anúncios adicionais, sobre local, custos, programação etc.
 
Nosso objetivo é que possamos realizar o evento ao longo de um feriadão – por exemplo sexta, sábado e domingo, de modo que não prejudique as atividades profissionais.

Este curso tem como grande objetivo desmistificar o preconceito existente com a linha dos amados orixás e suas entidades, que representam frequências fundamentais em toda a Criação, atuando diretamente com toda a hierarquia estelar e terrestre.
 
Os temas abordados neste curso vêm complementar o ensinamento da Cura Quântica Estelar e explicam a relação entre o plano dos Mestres, Comando Estelar e as diferentes hierarquias de Orixá no Universo e na Terra.
 
Falaremos de toda a hierarquia cósmica dos Orixás, os diferentes Tronos de Luz e sua atuação perante o processo evolutivo. O papel dos Tronados na criação dos universos, das Mônadas e como se desenvolveu o nosso Odú. Os fatores de evolução ligados aos fundamentos filosóficos e ritualísticos da Umbanda e Candomblé.
 
Trataremos de assuntos como o segredo dos micro espíritos dos devas e dos orixás de cada pessoa, a qualidade das ervas, a questão das oferendas e do sangue dentro dos rituais de Orixá, as técnicas de cura entre a parte terapêutica convencional e o trabalho mais profundo, o poder das encruzilhadas e o ponto de força dos orixás regentes.
 
Serão apresentados mais algumas dezenas de símbolos de poder para intensificar o trabalho terapêutico e aprimorar a conexão do aluno com seus guias.

 
Quando o conceito foi proposto pela primeira vez, foi considerado implausível, porque não condiz com as leis da física. Mas os testes subsequentes do chamado EM Drive, mostraram que a ideia poderia revolucionar as viagens espaciais. Agora, a NASA forneceu a primeira atualização pública sobre o teste, após meses, e parece sugerir que ele realmente faz o trabalho proposto. Os cientistas, no entanto, ainda não sabem o motivo.
 
A atualização foi dada por Paul March, um dos principais engenheiros que trabalha com o propulsor EM Drive, no Laboratório Eagleworks, no Centro Espacial Johnson, no Texas, EUA. Ele disse que a NASA conseguiu remover alguns dos erros de testes anteriores, mas ainda encontrou sinais inexplicáveis de impulso. O anúncio de March é o primeiro feito em meses, pois a agência espacial estava mantendo grande silêncio sobre quaisquer desenvolvimentos sobre o polêmico projeto.

 
Astrônomos japoneses da Universidade de Kyoto conseguiram detectar, pela primeira vez na história, luzes visíveis de um buraco-negro. Os cientistas descobriram que os buracos negros podem ser observados através de um telescópio amador, com lentes pequenas de cerca de 20 centímetros, quando materiais soltos no espaço caem neles e liberam explosões de luz, de acordo com o jornal Guardian.
 
A aparente contradição surge quando a gravidade de um buraco negro puxa a matéria de estrelas próximas, produzindo luz que pode ser vista a partir de um telescópio modesto 20 centímetros. Os pesquisadores detectaram ondas de luz vindas de V404 Cygni, um buraco negro ativo da constelação de Cygnus, quando ele finalmente acordou em junho de 2015, após um período de 26 anos dormindo.
 
Ainda segundo o jornal, Mariko Kimura, um dos cientistas que participou da pesquisa, reportou em artigo no jornal Nature como os telescópios captaram flashes de luz provenientes do buraco negro, durante um período de atividade de cerca de duas semanas. Os flashes podem durar apenas alguns minutos ou algumas horas.
 
“Agora nós sabemos que podemos fazer observações baseadas em raios ópticos – luz visível, em outras palavras – e que buracos negros podem ser observados sem telescópios de alto espectro de raios-x ou raios-gama”, afirma Kimura.

Poshak Gandhi, astrônomo da Universidade Southampton, afirma que o buraco negro brilhou muito quando a matéria foi puxada para dentro dele, apesar do véu de gás e poeira cósmica que o envolve.

Acabamos de definir os termos de ocupação do espaço onde realizaremos a vivência no Rio Grande do Sul. Será no Parque das Cascatas, em Lajeado Grande, município de São Francisco de Paula, RS, à Rua Guilherme Perazzolo, 500.
 
 
Definimos a chegada para o dia 12 de abril de 2016, uma terça-feira, a partir das 12:00 e com saída prevista para o dia 15 de abril de 2016, uma sexta-feira, pela manhã. Em princípio os trabalhos serão das 9:00 às 12:30; das 14:00 às 17:00; jantar das 19:00 às 20:30, podendo haver palestras ou trocas de experiências após.
 
Teremos trabalhos à beira do rio, nas cachoeiras, na mata, sempre com explicações gerais dos fundamentos de cada trabalho e com meditações e vivencias pessoais com as hierarquias locais.
 
 
 
Haverá entre outros, trabalhos com a energia Voronandeck e Melchizedeck, com meditação e explicações do acoplamento dos corpos extra físicos na natureza.
 
Faremos trabalho de limpeza pessoal com a energia das aguas de Oxum e Oxumaré. Faremos trabalho de limpeza com as matas na energia de Oxóssi, Logun Ode, Oba, linha de prosperidade, interação com os Devas do local, unificando os trabalhos apométricos pessoais de limpeza e purificação.
 
Faremos trabalhos com fogo. Em ambos dias, após o jantar, poderão ocorrer conversas e palestras conforme a necessidade e a condição física do grupo e do Rodrigo. As informações de custos, formas de pagamento e inscrição estão disponíveis através de contato com  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Temos cabanas para 4 e 6 pessoas.

 Parte da sessão de perguntas e respostas no curso de UPGRADE realizado em Novo Hamburgo no dia 30 de novembro de 2008.
 
A prioridade de cada um de vós neste momento é consigo mesmo.
 
Trabalhem os merkabas para se limparem, para removerem as culpas e o medo para que possam cumprir os compromissos firmados com a vossa hierarquia maior.
 
Alguns de vós se colocam numa situação de exilados na Terra, outros de missionários, outros ainda de comandantes presos na Roda de Samsara, e assim por diante. A verdadeira condição de vocês é que são Luz, perdidos nas Trevas e a Luz deve retornar à Luz.
 
Vocês assumiram o compromisso de se fundirem com o vosso Eu Superior. Esse é o maior contrato de vocês: com vocês mesmos. Ou seja, de serem Luz e merecedores dos esforços da vossa hierarquia espiritual para que isso se realize.
 
À medida que vocês realizem as meditações*, se purifiquem, limpem os miasmas, mais próximos estão da harmonia e consequentemente mais fácil é o processo de transição para as esferas mais sutis.

Vejam esta matéria, postada por Rodrigo Romo:
 
Amigos e alunos,
 
Esta matéria é interessante para que entendam mais sobre o que vem a ser física exótica e as realidades paralelas físicas que estão sendo gradualmente detectadas. 
 
Acelerador de partículas vê sinais de fenômenos que violam leis da física
 
Experimento observou primeira ruptura em modelo teórico dos anos 1970.
Ele ocorreu no LHC, colisor gigante entre a Suíça e a França.
 
Rafael Garcia Do G1, em São Paulo
 
 
Três meses após funcionar com quase o dobro da potência anterior, o superacelerador de partículas LHC começa a enxergar sinais de uma física que está além das previsões teóricas. É a primeira vez que isso acontece desde a década de 1970, quando o Modelo Padrão, a teoria que descreve o universo microscópico, se consolidou.
 
Em um artigo ainda em fase de avaliação para publicação, cientistas afirmam ter detectado um comportamento inusitado na produção de partículas da família do elétron, os chamados léptons. Ao investigar a produção dessas partículas a partir da desintegração de uma outra, cientistas esperavam que os três diferentes tipos de léptons (elétrons, múons e taus, primos mais pesados dos elétrons), fossem produzidos a uma taxa similar, de acordo com suas massas.
Comportamento inesperado pode ser o sinal da existência de mais partículas, além dos 17 tipos já efetivamente previstos em teoria e capturados em experimentos.
 
As colisões no LHC, porém, resultaram numa produção excessiva de taus, contrariando o que prevê o Modelo Padrão. O resultado foi captado pelo detector de partículas LHCb, um dos quatro grandes experimentos do LHC. Esse comportamento inesperado, apontando para o que os cientistas chamam de física exótica, pode ser o sinal da existência de mais partículas, além dos 17 tipos já efetivamente previstos em teoria e capturados em experimentos.

O Rodrigo postou esta matéria, muito interessante:
 
Trecho extraído do Livro de Rodrigo Romo, escrito e registrado em 1997. APOCALIPSE, O SALTO QUÂNTICO DA TERRA E DA HUMANIDADE, que nunca foi publicado.
 
Coloco aqui alguns textos que na atualidade podem ser relevantes. São canalizações do ano 1997 quando a minha percepção não era tão clara como é na atualidade em muitos aspectos da política interestelar e da situação de quarentena da Terra. A própria atuação dos Anunakis do planeta Nibiru Enki e Enlil, era muito mais velada do que neste momento, mas mesmo assim o texto ajudará.
Boa leitura a todos,
Rodrigo Romo
11/08/2015
 
O Salto Quântico
 
Considero de vital importância situar o leitor sobre este assunto e suas consequências no âmbito sideral. Muitas das profecias apocalípticas estão baseadas na mudança orbital pela qual o nosso Sistema Solar com seus planetas está passando há vários anos. Já no livro Confederação Intergaláctica mencionei um aspecto curioso do Grande Atrator descoberto pelos cientistas Norte-americanos Brent Tully da Universidade do Arizona e Marc Aaronson, onde ambos registraram os estranhos fenômenos sobre um movimento e deslocamento anormal em nossa galáxia, consequentemente em nosso Sistema Solar, que sofre a atração de um estranho corpo invisível para nossos instrumentos. Esse movimento foi posteriormente confirmado pela elite astronômica mundial, denominados de os 7 Samurais. Este movimento ilógico que parece contrapor-se às leis conhecidas, ainda é um mistério do ponto de vista gravitacional, pois seja lá o que for que esteja obrigando o nosso Grupo dos 22, que é como denominamos o nosso quadrante onde está inserida a Via Láctea, deve possuir massa superior a mais de 30 galáxias. O que é considerado pouco provável, pois é invisível e não existem maiores informações de domínio público sobre o assunto. Pelo menos não que sejam de meu conhecimento, mas me guiando pelas informações prestadas por Shtareer sobre este caso, sei que o núcleo de Orvotón está sofrendo uma rotação angular e que seu campo gravitacional está sendo alterado para as novas mudanças cíclicas que os Criadores estão inserindo na nova etapa evolutiva que se forma nos planos multidimensionais. Portanto, um novo ciclo evolutivo está sendo gerado nos mais elevados planos evolutivos dos criadores além do orbe de Micah, o que obriga indiretamente todos os Universos Locais a se reestruturarem para a chegada de um 8º Superuniverso, o mesmo que o Mestre Saint Germain já anunciou em suas canalizações conosco em meados de 1989 com o nome de Universo Unana. Esse universo ocupará uma órbita externa em relação ao nosso 7º o que está fazendo com que todos os Superuniversos modifiquem a sua estabilidade gravitacional e orbital para que um novo possa se materializar.
 
Obviamente que estas mudanças estavam previstas há milhares de anos, portanto eram de conhecimento de muitos Comandantes que no passado estiveram presentes na Terra como Deuses. É o caso de Jeová, um Comandante de Nibiru que veio à Terra para extração de ouro e manipulações genéticas, mas acabou inserido em questões bem mais complexas com as 22 delegações e com o contexto da transmutação de seus erros na linha temporal, perante a humanidade e os conflitos com o SINISTRO GOVERNO SECRETO atual da humanidade.

 
Amados filhos da realidade terrestre física,
 
Entendemos a situação e a preocupação de vocês com relação às diferentes informações existentes sobre a questão de retalhar os ataques das forças umbralinas. No entanto, existem muitos outros fatores que vocês não conhecem relativos ao poder e à influência real dos seres reptilianos e seus associados através dos GRAYS, ZETAS, XOPATZ.
 
Amados filhos, para a maioria dos canalizadores e dos médiuns do planeta TERRA no plano físico, os confrontos com as forças do UMBRAL, se limitam na crença deles, no plano astral e na questão da projeção fora do corpo. Mas na verdade isso é somente parte das ações e das tarefas que a maior parte de vocês desenvolve sem saber.
 
Para seus canalizadores e líderes espirituais, que na maioria das vezes usam vocês como testas de ferro em seus trabalhos na espiritualidade, tudo lembra um filme de cinema, onde as balas e tudo é de mentira, onde os mocinhos nunca são afetados e sempre ganham.
Mas na vida real as coisas não dessa forma, e muitos políticos e pessoas públicas que fizeram profundas mudanças ou mesmo somente tentaram inserir mudanças na estrutura social, política e econômica da vossa civilização, acabaram pagando com a vida, através de acidentes trágicos, doenças estranhas e fulminantes ou mesmo através do básico assassinato encomendado, como foi o caso do Presidente Norte Americano Kennedy e Abraham Lincoln, fora o assassinato de mahatma Gandhi.
 
As forças rebeldes ou sinistras como vocês as denominam, estão inseridas dentro da estrutura governamental de quase todos os países representativos da atual realidade terrestre, isso inclui a maior parte dos países com alto grau industrial e movimentação financeira representativa no contexto do controle dos grupos secretos como os ILUMINATTIS, SINISTRO GOVERNO SECRETO e as escolas herméticas que esses grupos controlam, para assediar e chipar as diferentes categorias do patamar político, militar e religioso da TERRA.

Amigos,
 
Vejam como a mídia aos poucos está divulgando informações novas, que se contrapõem às “leis” estabelecidas há muito tempo pela comunidade científica. Uma matéria interessante que explica que a informação pode sim viajar além da velocidade da luz.
 
Imagem: Hatim Salih – 10.1103/PhysRevLett.110.170502
O esquema pioneiro idealizado por Hatim Salih permitiu a idealização do experimento para troca de informações à distância sem transporte de partículas.
Com informações da Phy.Org – 27/03/2015 
 
Limite de velocidade universal
 
Consulte qualquer professor de física, ou qualquer livro texto da matéria, e você será informado de que nada pode superar a velocidade da luz e, por decorrência, nenhuma informação pode ser transferida mais rapidamente do que a velocidade da luz.
Este conceito tremeu nas bases – mas não caiu – quando começaram os experimentos com a “ação fantasmagórica à distância” e com o teletransporte quântico.
 
No caso da “ação fantasmagórica à distância” – baseada no fenômeno do entrelaçamento ou emaranhamento – as partículas entrelaçadas influenciam-se mutuamente mesmo que estejam em extremos opostos da galáxia. Ao que parece, isto ocorre instantaneamente – o que é mais rápido do que a velocidade da luz – mas ninguém sabe exatamente como, e os físicos ainda não concordam que haja uma troca efetiva de informações por meios puramente quânticos.
 
O teletransporte quântico, pelo menos nos experimentos realizados até agora, ainda não passou pelo chamado “teste de Bell incontestável” (loophole-free Bell test), o que poderia comprovar a existência de influências “escondidas” além do espaço-tempo, eliminando o limite de velocidade universal – a velocidade da luz.
 
Em termos práticos, os experimentos não conseguem dar uma palavra final sobre o assunto porque eles geralmente dependem do transporte clássico de partículas, normalmente fótons viajando ao longo de fibras ópticas Mas tudo isto pode estar mudando.